Sexta-feira, 21 de Janeiro de 2005

Resumo da aula extra para esclarecimento de dúvidas – 20 de Janeiro de 2005


Universidade do Minho


Metodologia das ciências sociais – 1º ano de Sociologia


 Aula extra para esclarecimento de dúvidas – 20 de Janeiro de 200


 


1 . Parte formal


 Como estudar para o teste: estudar com um colega. Pode ser um jogo do estilo: arranjar perguntas (o que diriam Hume ou Kuhn ou Popper se vissem esta citação/tradução deste engenheiro; o que diria?) a partir do texto das aulas do engenheiro Arantes Oliveira. Depois, trocam de papel. Façam depois um ensaio por escrito (com o papel de teste e tempo cronometrado) e cada um corrige o do colega.


 Na noite anterior ao teste. Evitem os cafés pois a cafeína só entra no sangue cerca de 6 horas depois de ser ingerida. Nunca tomem café às tantas da noite porque se arriscam a ter insónia e chegar ao teste num estado de percepção alterado. Nas duas horas anteriores ao teste, NUNCA estudem: só vão criar uma enorme entropia no vosso cérebro. Façam algo (ou não façam nada!) para descontrair e relaxar.


 A estrutura do teste Será igual à do ano passado: é de consulta (podem levar tudo excepto sistemas de comunicação, orgânicos ou não, com colegas ou outros seres humanos). Tem duas perguntas de desenvolvimento semelhantes (uma citação do texto das aulas do Engenheiro Arantes e Oliveira – está no Blog: http://metodologia.blogs.sapo.pt) - e uma pergunta de desenvolvimento em relação ao texto citado).


 Como responder. No teste é colocada uma situação e, para ser mais fácil perceber e raciocinar, têm que a traduzir para palavras vossas. Ler com muita atenção o enunciado (demorar no mínimo 10 minutos). No texto, que faz parte da pergunta, estarão algumas pistas para a resposta. Façam sempre um PLANO de RESPOSTA com esquema ANTES de começarem a escrever na folha de teste. Simplifiquem. Perguntem à professora Zara o significado das palavras. Não tenham vergonha!


► 2. Autores que podem sair no teste



fase (sec. XVI-XVIII)


● Bacon (referência: Aristóteles)


Hume (o problema de Hume) vs Kant (resolve o problema de Hume. Referência: Newton) 


fase


● (séc. XX) Popper que recupera Hume (Referência: Einstein) vs Kuhn que continua Hume.



►3. PASSWORD para este semestre


O problema da ciência envolve todos os filósofos, sociólogos e cientistas em torno de dois extremos (podem depois aparecer uns cinzentos, que tentam conciliar).



1º EXTREMO – o realismo. A solução é descobrir a natureza das coisas: “Descobrir é chegar à verdade sem ser afectado pelo sujeito: ter uma re+presentação verdadeira das coisas, do mundo”; “ A verdade é des  -  coberta”.


2º EXTREMO – o construtivismo. Não é possível descobrir a verdade das coisas porque toda a verdade, toda a ciência é uma construção. Tudo passa pelo nosso cérebro, pelos nossos olhos. A verdade é construída.


►4. Exemplo de pergunta e resposta


Texto das aulas do engenheiro Arantes Oliveira:


“5. Popper e a Metodologia do Projecto Tecnológico


Até que ponto teriam as ideias de Popper sido influenciadas pela metodologia do projecto tecnológico ? Segundo Popper, o cientista parte de teorias pré-concebidas cujas consequências</nobr> empíricas aprecia por meio de ensaios experimentais. Assim se inicia um processo</nobr> iterativo de falsificações e rejeições.


O projecto tecnológico resulta de um processo conceptual que inclui o</nobr> pré-dimensionamento das várias partes do artefacto a projectar. Inicia-se então um</nobr> processo iterativo que antecipa os possíveis cenários de colapso (falsificações), verificando o projecto/modelo relativamente a esses, e introduzindo nele as</nobr> modificações que se afigurem necessárias (rejeições).


Falsificações e rejeições são assim típicas de ambos os processos. No entanto:</nobr> - o projecto é um modelo teórico, isto é, um sistema logicamente possível;</nobr> - o sistema denominado ciência empírica tem por objectivo modelizar o mundo real. Por outras palavras :


- o projecto precede o artefacto, do qual, uma vez construído, se tornará</nobr> modelo ou teoria;


- o mundo real precede a teoria científica, que, a todo o transe, se tenta</nobr> falsificar.


Mas como, de acordo com Popper, só podem ser científicas as proposições e</nobr> teorias susceptíveis de ser falsificadas, e as falsificações resultam da dedução de</nobr> proposições decidíveis pela observação e resultando exclusivamente de uma teoria, os</nobr> modelos ou teorias da engenharia devem, não só possuir um carácter</nobr> lógico-matemático, mas incorporar códigos e regulamentos, e ser falsificáveis</nobr> relativamente à sua inadequação, comprovada pela experiência, para servir objectivos</nobr> de natureza, não só quantitativa, mas qualitativa.


Uma conclusão a tirar é a de que as teorias destinadas a servir as necessidades da</nobr> engenharia não podem ser, como sucedia no passado, de carácter exclusivamente</nobr> quantitativo, nem mesmo exclusivamente lógico-matemático, ou físico”.


Eng. Arantes e Oliveira in http://www.ipv.pt/millenium/Millenium24/11.pdf


 QUESTÃO NO TESTE: Retomemos a pergunta inicial: “Até que ponto as ideias de Popper teriam sido influenciadas pela metodologia do projecto tecnológico?” Concorda com a tese do autor de que haveria essa influência?  Explique as razões da sua posição.


Exemplo de resposta: Popper queria mostrar que os cientistas precisavam dos filósofos. Isto é, os cientistas podem descobrir o mundo mas há algo de construção, de conjectura que está sempre presente e esta parte implica que o cientista seja sempre um pouco filósofo.


No projecto tecnológico, os engenheiros estavam mais preocupados com o fim, com a utilização prática. A influência real sobre Popper foi exercida pela ciência no seu sentido menos prático, pela física teórica de Einstein.


Aliás, Arantes de Oliveira mostra que Popper não é essencial quando diz: “os</nobr> modelos ou teorias da engenharia devem, não só possuir um carácter</nobr> lógico-matemático, mas incorporar códigos e regulamentos, e ser falsificáveis</nobr> relativamente à sua inadequação, comprovada pela experiência, para servir objectivos</nobr> de natureza, não só quantitativa, mas qualitativa”. Reparem bem que ele diz NÃO SÓ. Ou seja, no essencial a ciência da engenharia é REALISTA mas com uns pozinhos de construtivismo. Ora, essa não parece ser a posição de Popper inspirada na prática de Einstein.


Conclusão: este autor cita Popper mas descontextualiza-o fazendo uma apropriação que não é muito fiel. Além de a prática dos engenheiros nunca ter inspirado a forma de pensar de Popper, a aplicação da teoria da refutação a este caso concreto não parece ser a mais correcta.


 Ver também exemplos de respostas em:



http://metodologia.blogs.sapo.pt/arquivo/2004_03.html 


Boa sorte no teste!


 


Texto enviado por:


Maria João Oliveira


(1º ano da licenciatura em Sociologia da Universidade do Minho)

*Janeiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

*Entradas recentes

* Como é que as pessoas sub...

* Uma definição viável de M...

* Dicas para o teste

* Como escrever o trabalho ...

* password para a BB

* Resultados da avaliação d...

* Regras do exame de recurs...

* Atendimento extraordinári...

* Resultados da avaliação d...

* Data de afixação dos resu...

* Questão sobre o exame do ...

* Livros usados baratos na ...

* Exames: controlar a ansie...

* Data limite de entrega do...

* Prazos de inscrição nas c...

* A tristeza é anticientífi...

* Texto para o EXAME. Para ...

* O que é o método quantita...

* Como será o exame? Alguma...

* Aula Teórica de 30 de Mai...

*Arquivos

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Julho 2006

* Junho 2006

* Maio 2006

* Abril 2006

* Março 2006

* Fevereiro 2006

* Janeiro 2006

* Dezembro 2005

* Novembro 2005

* Outubro 2005

* Julho 2005

* Junho 2005

* Maio 2005

* Abril 2005

* Março 2005

* Janeiro 2005

* Dezembro 2004

* Novembro 2004

* Outubro 2004

* Agosto 2004

* Julho 2004

* Junho 2004

* Maio 2004

* Abril 2004

* Março 2004

* Fevereiro 2004

* Janeiro 2004

* Dezembro 2003

*Arquivos

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Julho 2006

* Junho 2006

* Maio 2006

* Abril 2006

* Março 2006

* Fevereiro 2006

* Janeiro 2006

* Dezembro 2005

* Novembro 2005

* Outubro 2005

* Julho 2005

* Junho 2005

* Maio 2005

* Abril 2005

* Março 2005

* Janeiro 2005

* Dezembro 2004

* Novembro 2004

* Outubro 2004

* Agosto 2004

* Julho 2004

* Junho 2004

* Maio 2004

* Abril 2004

* Março 2004

* Fevereiro 2004

* Janeiro 2004

* Dezembro 2003

*Ligações na web

*subscrever feeds

*Amazon usa

*Amazon uk

*Amazon fr

*Grupo da Teoria sociológica do Actor-rede

Clique aqui para aderir ao grupo yahoo da Teoria do Actor-Rede 'actor-network-theory'

Grupo yahoo 'Teoria do Actor-Rede' (Actor-Network Theory)

*Combata o SPAM!

Ajude a Combater o Spam! Clique aqui!

*Rizomando...

Rizomando...Clique aqui!